quarta-feira, 1 de abril de 2015

Driblando a DENGUE

No Litoral Norte de São Paulo, não se fala de outra coisa, onde quer que vamos, o assunto é DENGUE e seus sintomas. 

Infelizmente, no meu caso, não ficou só na conversa, fui infectada pelo vírus e estou tentando ludibriar os sintomas mais severos da doença. Mas como?

A resposta é sempre a mesma, com uma boa alimentação. Estou com todos os sintomas, mas não fiquei de cama. Sinto-me um pouco cansada e pesada, mas continuo realizando meus afazeres sem excessos. As dicas para tentar escapar dessa epidemia são:

  1. Ingerir muito líguido (água e sucos naturais e sem açúcar)
  2. Acrescentar inhame a alimentação,pois reforça as defesas do organismo, possui ação anti-inflamatória e é rico em vitaminas, dentre elas a C e traz inúmeros outros benefícios.
  3. Consumir folhas verde escuro ou feijões, a fim de evitar a queda das plaquetas, ou seja, a anemia. Todavia, o ferro dos vegetais e leguminosas só é absorvido pelo organismo se for ingerida com vitamina C, então aconselha-se durante as refeições um bom copo de limonada ou suco de laranja.



Esses são os cuidados que tenho normalmente com minha alimentação e pelo jeito está dando resultado, visto que meus exames mostram o número de plaquetas normal e apenas uma pequena variação nos glóbulos brancos, o que é positivo, pois é o corpo reagindo.

Pessoal, se cuidem, pois a situação está crítica por aqui!

Bjks ;)