quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Foliculite em decorrência de fatores climáticos

É sabido que no inverno devemos ter mais cuidado com a pele, pois a baixa umidade do ar faz com que percamos água do organismo, resultado: pele seca. Se parasse por aí, seria ótimo, mas há pessoas, como eu, que, em razão da pele seca e do atrito constante do jeans ou mesmo da roupa, apresentam inflamação dos folículos capilares devido a ação de bactérias  nas pernas, braços e nádegas, cujo termo médico é foliculite .
Além do inverno, as mudanças hormonais também favorecem o surgimento ou o agravamento do problema. O que fazer então?
Infelizmente, o problema não tem cura, mas se for apenas aquelas bolinhas avermenlhadas, podemos evitar o surgimento com cuidados diários, ou seja, uso de sabonete e  de creme composto de ácido azeláico na região afetada. Todavia, é sempre bom consultar um dermatolgista para avaliar e dar um diagnóstico mais preciso, uma vez que a intensidade da foliculite varia em função da raça e do sexo.
A fim de evitar esse incômodo, prefira roupas mais soltas, use lâminas novas, evite tecidos sintéticos, esfolie regularmente a pele, de preferência com bucha vegetal e mantenha a pele sempre limpa e bem hidratada.

Bjks e até mais.