quarta-feira, 7 de maio de 2014

A importância de se dormir bem

Em tempos de multifuncionalidade da mulher moderna, sofrer de insônia, quando estamos sob grande estresse, ansiedade ou pressão, faz parte. No entanto, devemos identificar logo a causa, a fim de se procurar o tratamento adequado o mais rápido possível. 
Sabemos que uma noite mal dormida pode comprometer todo o funcionamento do organismo, uma vez que  prejudica a estruturação da nossa memória, do nosso metabolismo e a produção de hormônios importantes para regulação do nosso apetite. No caso das crianças,  a interferência ocorre na produção do hormônio do crescimento. Em virtude disso, observamos facilmente, em nossa sociedade, uma irritabilidade maior, aumento de peso, depressão, dispersão e sonolência, problemas que podem ocasionar acidentes em atividades simples do cotidiano.
Se está passando por isso, antes de tudo, respire fundo, pois exercícios respiratórios e de relaxamento são ótimos para reduzir o estresse do dia-a-dia. Todavia, é importante fazer um check-up, para se averiguar se não há nenhum distúrbio na glândula tireoide, provocando a insônia, ou mesmo se não está sofrendo com algum transtorno de ansiedade, caso mais delicado e que necessita de acompanhamento médico e medicação específica. Fora essas  situações particulares, as terapias alternativas, como a yoga, meditação, massagem, acupuntura, banho quente e psicoterapia, dão ótimo resultado. Falo com propriedade no assunto.

Além disso, claro, é indicada uma alimentação leve à noite e procurar modificar a rotina, com o propósito de amenizar o estresse diário, ou seja, organizar melhor o tempo (darei algumas dicas em futura postagem).

Quando o corpo e a mente estão equilibrados, conseguimos nos prevenir de várias mazelas, as quais nos afligem atualmente, uma delas é a insônia.



Pense nisso e durma melhor, seu corpo agradece.

Bjks, meninas!